T: +55 11 3611.6022 WhatsApp: +55 11 99133.1672

Compressores industriais: Por que contar com sistemas de controle?

26/11/2019 -

Compressores industriais

20% a 30% da energia utilizada para operar redes de ar comprimido é desperdiçada, e o mau funcionamento do compressor é uma das principais causas dessa perda. Assim, a adequação, o correto dimensionamento e o monitoramento de compressores industriais são cuidados que impactam diretamente na produtividade e lucratividade da planta.

Nesse cenário, novos sistemas de controle oferecem ferramentas operacionais e gerenciais cada vez mais avançadas para a eficiência, precisão e segurança de toda a rede. O acompanhamento em tempo real de todos os parâmetros, a gestão dos equipamentos, a automação dos processos, o controle de distribuição e de qualidade do ar comprimido, bem como a integração de dados confiáveis sobre as operações são apenas algumas das oportunidades que esse modelo de solução agrega ao dia a da indústria.

Dessa forma, a implementação de sistemas para o controle de compressores industriais se mostra uma medida cada vez mais importante para fundamentar as tomadas de decisões e estruturar planos de manutenção preditiva, além de medidas para a redução do consumo e dos gastos com energia.

Está em busca desses resultados? Entenda como funciona um sistema de controle para compressor de ar industrial, e tudo o que essa solução tem a oferecer para a sua planta!

Principais funcionalidades de sistemas para redes de ar comprimido

Com algoritmos de monitoramento online e recursos de controle em constante evolução, os sistemas de gerenciamento estão cada vez mais preparados para atender aos desafios operacionais da indústria e às particularidades de diversos tipos de compressores.

A partir de uma visão sistêmica de toda a rede de ar comprimido, o software realiza o acompanhamento remoto das condições de operação dos equipamentos, incluindo status do motor, disponibilidade, pressão e vazão, entre outros.

A solução monitora e controla os equipamentos, oferecendo funcionalidades como:

  • Adequação automática do número de equipamentos em atividade de acordo com a necessidade, mantendo compressores em espera online para casos de aumento da demanda;
  • Combinação de um ou mais equipamentos de velocidade variável para minimizar o desperdício de energia e o subaproveitamento dos compressores;
  • Gerenciamento da pressão do ar comprimido, aumentando ou diminuindo os parâmetros conforme a demanda, sem comprometer a distribuição adequada em toda a planta;
  • Relatórios de desempenho do sistema e resumos operacionais;
  • Histórico gravado de todas as leituras de alarmes e eventos;
  • Monitoramento de parâmetros críticos e notificação de falhas;
  • Alertas de paradas inesperadas e a necessidade de manutenção dos equipamentos.

A importância do controle de compressores industriais

Automação e confiabilidade

Sistemas de controle modernos são capazes de automatizar e otimizar todas as operações de um compressor industrial, combinando recursos de gerenciamento de capacidade e programação de carga em tempo real.

A possibilidade de inicialização e parada automática de compressores, por exemplo, agrega maior praticidade e confiabilidade às atividades diárias. Com essa funcionalidade, quando um compressor é desligado devido a qualquer problema, o sistema compensa imediatamente o suprimento de ar comprimido, distribuindo a demanda adicional para outros compressores. Assim, a pressão adequada do ar é mantida e a produção contínua sem interrupções e prejuízos.

Controle de produção

A partir da comunicação e integração entre as redes de compressores, o sistema de controle opera o número adequado de compressores de ar, de forma a garantir máximo aproveitamento das máquinas.

Assim, ao invés de vários compressores operando com capacidade de carga parcial, um único compressor é modulado para atender à demanda da planta.

Redução do consumo de energia

O aumento gradativo da pressão do sistema também pode resultar no aumento de vazamentos e desperdícios nas unidades industriais. Uma planta média tem uma taxa de vazamento de cerca de 20% da produção total de ar comprimido, dessa forma, é importante controlar a carga predeterminada para reduzir o consumo e os custos com energia.

Durante os intervalos e períodos de baixa produção, uma pressão significativamente menor pode ser mantida na planta, e esse controle se dá de forma automática com um sistema apropriado.

Acesso a informações sobre o sistema

A partir dos recursos de monitoramento e análise de parâmetros, o software também contribui decisivamente com a identificação de problemas e potenciais riscos nos compressores e nas redes de distribuição e tratamento de ar comprimido.

Além disso, o sistema sinaliza quando é necessária realizar a devida manutenção dos compressores, de forma a manter a qualidade do ar, reduzir quedas de pressão desnecessárias e manter a eficiência de toda a rede.

Automaticamente, melhores informações sobre a utilização do ar comprimido permitem melhores decisões de gerenciamento, adequando as horas e os parâmetros de operação dos compressores para potencializar a segurança e a vida útil de todos os equipamentos.

Bom, agora você já conhece as principais vantagens e funcionalidades de sistemas de controle para a máxima eficiência dos compressores industriais. No entanto, para garantir esse desempenho, é indispensável buscar soluções reconhecidas, que se adequam a modelos de diferentes fabricantes de compressores de ar, bem como às particularidades da sua planta!

Especialista em produtos e serviços para redes de ar comprimido, a HBR apresenta controladores e gerenciadores que atendem a todos os tipos de equipamentos, desde compressores rotativos, compressores centrífugos e compressores de parafuso isentos de óleo, até modelos de compressores alternativos.

Independentemente da infraestrutura da sua rede, nós podemos te ajudar a encontrar e implementar o melhor sistema de controle para a sua indústria! Converse com um de nossos especialistas e saiba mais sobre as nossas soluções!